Certa vez alguém me disse que é praticamente impossível fazer uno filme legal baseado em gioccos de video games. Isso porque o giocco lhe dá inúmeras possibilidades de ação. Você pode ir para cima, para baixo, para uno lado, para otro, para onde quiser, no tempo que for necessário. O filme é bastante limitado nesse sentido. Só há una direção a seguir e em 1h30 ou 2h de película. Uno filme bom baseado em video game deveria ser como o giocco jogado por uno excelente gioccador. O que certamente non é o caso deste “Super Mario Brothers”, a primeira e pior adaptação de video game para o cinema.

No início dos anni 90, o mascote da Nintendo estava no topo do mundo (e pode se dizer que está lá até hoje). Muitos estúdios de cinema queriam adaptar o personagem para a tela grande, mas a empresa era bastante cuidadosa com a imagem de seu carro-chefe (e deveria ter continuado assim). Uno belo dia chega ao Japão, Roland Joffé, que tinha feito muito sucesso dirigindo os filmes “Os Gritos do Silêncio” e “A Missão“, mas era completamente inexperiente como produtor. Ele ofereceu bem menos que os grandes estúdios pelos direitos do personagem, mas prometeu aos japas os direitos de merchandising sobre o filme. Se os executivos tivessem pensado uno pocco mais…

“Meu Deus… que merda eu fui fazer…”

Adquiridos os direitos era preciso arrumar una boa história. Uno dos roteiros iniciais tinha sido escrito pela mesma equipe responsável por “Flintstones” e “Riquinho”. Era uno roteiro bastante próximo do que é o giocco na verdade: Dois irmãos encanadores que vão parar em uno mundo estilo “País das Maravilhas” e precisam resgatar una princesa das mãos de uno terrível rei lagarto, tudo com uno clima bem próximo dos filmes que eles tinham dirigido. Mas Joffé e os produtores queriam algo mais “adulto”. Se os japoneses tivessem pensado mais uno pocco

Mario tentando arrancar o colar da mulher gorda sem utilizar as mãos

Se havia amadorismo por parte da produção, a direção non fazia por menos. Com a recusa de Harold Ramis em dirigir o filme, a produtora apostou no casal Rocky Morton e Annabel Jenkins, famosos pelo programa da TV inglesa “Max Headroom”, mas inexperientes com relação à cinema (só tinham dirigido “Morto ao chegar” com Dennis Quaid). Pode se dizer que o visual “cyberpunk” de “Super Mario Bros” é culpa deles, pois era assim o visual do programa de TV deles. Ah! Nintendo…

“Se a Nintendo tivesse avisado a polícia… isso nunca teria acontecido”

A primeira escolha para o papel principal foi Danny DeVito (meio óbvio), que também dirigiria o filme (antes de escolherem o casal lá). Schwarzenneger e Michael Keaton foram procurados para o papel de Koopa, mas todos recusaram. Tom Hanks chegou a ser contratado para fazer Mario (?!), mas os executivos acharam que ele estava pedindo muito dinheiro e resolveram contratar Bob Hoskins, que tinha feito muito sucesso com “Uma Cilada para Roger Rabbit” e era considerado uno ator mais famoso e promissor. No final das contas, Tom Hanks teve tempo para filmar “Philadelphia”, “Forrest Gump” e ganhar o Oscar, enquanto Hoskins arrependeu-se profundamente de ter embarcado nessa. Se o Bob Hoskins tivesse avisado a polícia…

Podia ter sido pior

Para piorar, chamaram para a direção de fotografia, Dean Semler, que trabalhou em “Mad Max 2” e em sua continuação. Seria ótimo para uno filme realmente pós-apocalíptico, non para uno filme baseado em uno giocco cheio de cores, de uno encanador que tem que salvar una princesa de uno rei lagarto. O que este povo tinha na cabeça, mio dio?


Buono, com o roteiro fechado é só gravar, non? Mas quem disse que o roteiro estava pronto? Depois de una visita às gravações, os executivos dos estúdios acharam que o filme estava muito “adulto” e então os produtores correram atrás de Ed Solomon, responsável pelos roteiros dos filmes de “Bill & Ted”, o que non adiantou muita cosa por que os casal de diretores reescreviam os roteiros e filmavam do seu jeito, o que confundia os atores que liam e ensaiavam una cosa e interpretavam otra.

A paródia pornô feita pelo Ron Jeremy deve fazer mais sentido do que esse filme

Então, a história ficou assim: O tal meteoro que caiu há 65 milhões de anni, em vez de matar os dinossauros criou una dimensão paralela, onde eles ficaram e evoluíram para una forma humanóide. Há 20 anni uno ovo (?) foi deixado com unas freiras (?) e continha una criança (???????) e uno amuleto com uno pedaço do tal meteoro e que serviria como una chave para atravessar as dimensões.

Nos dias atuais, o soberano dos dinossauros, Rei Koopa (o cheiradão Dennis Hopper, que nesse filme mais parece una versão mais pirada do Rutger Hauer), manda seus primos, Spike (Richard Edson, sósia de Hernan Barcos e manobrista do filme “Curtindo a Vida Adoidado”) e Iggy (Fisher Stevens, mais conhecido por ter namorado a Michelle Pfeifer do que por seus trabalho, como a série “Early Edition”) sequestrarem a menina (agora una mocinha chamada Daisy, interpretada por Samantha Mathis, que foi esposa do Frank Castle em “O Justiceiro” de 2004) que é una arqueóloga em NY e una princesa na dimensão dos dinossauros.

Para azar dos vilões antes de ser sequestrada, Daisy, tinha chamado os encanadores Mario Mario (Bob Hoskins) e Luigi Mario (John Leguizamo, o gangster novato de “O Pagamento Final” e que nesse filme é o interesse amoroso da heroína) para resolver uno problema de tubulação em suas escavações arqueológicas. Os paspalhos conseguem sequestrar a princesa, mas a chave interdimensional fica com os encanadores que vão para a otra dimensão salvá-la.

Como era de se esperar, a “Dinohattan” mais parece una mistura da Marte de “Vingador do Futuro”, com os carros de “Mad Max”. Com aquele visual cyberpunk que só os anni 90 sabiam fazer como nos filmes “Johnny Mnemonic” e “Hackers – Piratas de computador” (cujo vilão era interpretado por… Fisher Stevens). Parecia que todo filme tinha a obrigação de ser una rave, sem contar que esse é uno filme que faz referência a cogumelos (fiquem livres para fazer suas piadas)

Assim como Iggy, Spike e Koopa não são bichos, Big Bertha e Toad também non são. Pior, Toad é uno bicho grilo do cabelo esquisito, cantor de músicas de protesto contra o Rei Koopa. É como se uno personagem do video game virasse aluno da FFLCH. Não bastasse isso, Toad ainda participa de una particular demonstração para os irmãos encanadores de como funciona una das maiores bizarrices desse filme: a máquina de “Devolution”

Nada mais é que una máquina que faz as pessoas dessa dimensão, “regredirem” a una forma primitiva, os “Goombas”. Mas como decepção pocca é bobagem, os Goombas aqui em nada se parecem com as criaturas ranzinzas porém simpáticas do video game e sim, ridículas criaturas com uno corpo enorme e una cabecinha pequena de lagarto. É como se fossse uno mini-craque ao contrário. Uno horror!

O único dinossauro “puro” do filme, fora uns pequeninos que habitam Dinohattan, é o Yoshi. Mas non espere uno dinossauro bonitinho e comilão igual ao do giocco e do desenho da TV. Esse Yoshi mais parece uno refugo de “Jurassic Park” do que o dinossauro que aprendemos e amar e respeitar. Que porcaria esse filme, non?

Isso é Yoshi!
Isso non é!

O filme é tão estranho que só depois de passada UMA HORA DE FILME é que finalmente Mario e Luigi aparecem usando seus uniformes coloridos de encanadores. Acreditem ou non os diretores tentaram de todo jeito IMPEDIR que eles usassem esses uniformes, e realmente, as roupas non combinam com o filme, mas por que o FILME ESTÁ ERRADO e non o contrário.

Isso aqui é Super Mario Brothers

Isso non é!

Se para quem está assistindo, o filme é una terrível experiência, non foi diferente para quem o fez. John Leguizamo ficou tão frustrado em atuar nessa porquería, que passava o tempo todo bebendo com Bob Hoskins. Na parte da perseguição de carro, ele está tão bêbado que bateu a porta na mão de Hoskins e quebrou o dedo do companheiro. Não à toa, o intérprete de Mario diz que essa foi a pior experiência cinematográfica de sua carreira (e olha que o signore atuou em “O Filho do Máskara”!!!). Dennis Hopper também odiou trabalhar com dois diretores tão inexperientes e centralizadores quanto os de “Super Mario…” (se bem que ele atuou tanto em coisas boas como “Easy Rider” – que ele dirigiu – quanto porquerías como “O Massacre da Serra Elétrica 2”).

Coincidentemente tem una cena que parece “Jamaica abaixo de zero” (que foi lançada 5 meses antes)

OK, é verdade que é o primeiro filme baseado em personagens de video game. É verdade também que video games com gráficos mais definidos, menos parecidos com “Pong” e “Gálaga” eram cosa nova ainda, com a qual nenhum diretor, produtor ou roteirista tinha intimidade. Hoje em dia você tem ragazzos de cinema mais íntimos dos games e que fazem filmes mais coerentes com esse universo como  “Scott Pilgrim Vs. o Mundo” e “Detona Ralph”. Mas mesmo assim, non custava nada os envolvidos nessa droga, se dedicarem mais e fazerem uno buono filme, mesmo que non tenha nada a ver com o giocco, pois non fizeram nem una cosa nem otra

No final das contas o filme só serviu para predizer o que aconteceria com as Torres Gêmeas:


Cotação:

3/10 cabeças de cavalo – Ainda bem que non quiseram fazer uno filme do Sonic





Fontes:
http://www.smbmovie.com/SMBArchive/media/behindthescenes.htm
http://en.wikipedia.org/wiki/Super_Mario_Bros._(film)
http://www.wired.com/gamelife/2012/04/generation-xbox-super-mario-movie/
http://www.gameinformer.com/b/features/archive/2011/10/10/mario-s-film-folly-the-true-story-behind-hollywood-s-biggest-gaming-blunder.aspx?PostPageIndex=3
http://www.wired.com/gamelife/2009/06/harold-ramis-passed-on-mario-movie/
http://articles.latimes.com/1993-05-29/entertainment/ca-41093_1_super-mario-bros
http://www.guardian.co.uk/lifeandstyle/2011/jun/18/bob-hoskins-interview-neverland
http://www.avclub.com/articles/random-roles-dennis-hopper,2549/
http://www.imdb.com/title/tt0108255/
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/4/4f/Supermariobros.jpg
http://ia.media-imdb.com/images/M/MV5BMTI3ODgyNTYyMl5BMl5BanBnXkFtZTYwODgxNTA3._V1._SY314_CR80,0,214,314_.jpg
http://pipocahabbiana.blogspot.com.br/2011/11/super-mario-bros-yoshi.html
http://www.skullbrosawesome.com/wp-content/uploads/2012/07/ron-jeremy-220×140.jpg
http://sphotos-b.xx.fbcdn.net/hphotos-snc7/c0.0.403.403/p403x403/311283_492594834094017_1071862957_n.jpg
http://suputamadre.tumblr.com/post/148459016/se-o-pica-pau-tivesse-avisado-a-policia-isso-nunca

Advertisements