Quem acompanha este blog (todas as duas pessoas) sabem que eu sou meio desconfiado com relação a prólogos (prequels), sequências e remakes desde que isso virou tendência em Hollywood e começou a afetar até a Pixar, produtora de animação que há um bom tempo era elogiada pela sua originalidade (Fizeram “Carros 2” e vai sair logo logo um “Procurando Dory”). Mas, por dio santo, como não amar uno filme “classificação livre”, que cita abertamente clássicos filmes adultos (non aquele tipo de filme adulto que passa em canal privado. Simplesmente, filmes que non são para crianças) de faculdade como “Animal House” e “Vingança dos Nerds” e até filmes de terror ? (me lembrei de “Sexta-Feira 13” e “Carrie, a estranha”)

Confesso que “Universidade Monstro” non é dos melhores filmes que a Pixar já fez (essa honra para mim cabe a “Up”, “Toy Story 3” “Os Incríveis” e “Wall-E”), contudo é uno dos melhores prólogos já feitos no cinema , contando filmes com atores reais e animações (tudo bem que competir com “Débi & Lóide 2” e “Os Flintstones em: Viva Rock Vegas” e aquele “Hannibal” que mostra a origem do canibal é covardia. É como ser eleito artilheiro de una competição fazendo gol no Taiti, mas pelo menos “Universidade…” não faz companhia a essas tralhas do cinema.) Apesar de a idéia do filme contrariar completamente una fala dita bem no começo do primeiro filme, quando Sulley e Mike saem de casa para ir ao serviço (que eu non vou dizer qual é, vocês que assistam o filme), ainda sim foi una buona idéia da Pixar realizá-lo, principalmente por mostrar os rumos que os personagens tomaram que fizeram deles o que a gente viu no primeiro filme (é o espírito de todo prólogo, mas no filme isso é bem explorado).

Neste filme, o pequeno Mike Wazawski visita a Monstros S.A. em una excursão da escola (lembram dos monstrinhos da excursão do primeiro filme?). Lá ele se encanta com os “assustadores”(que aparecem em una cena que cita diretamente una cena do primeiro filme, que por sinal é una paródia de una cena de “Armageddon”), apronta una das suas e surpreende uno assustador que lhe dá uno boné da “Universidade Monstro“.

Passado muito tempo, Mike (Billy Cristal, que é melhor como monstro do que como gente de verdade) vai para lá, só que a universidade funciona como funcionava a Escola Politécnica da USPuno tempo atrás (non sei se ainda é assim): Você começava fazendo uno ciclo básico e, de acordo com as suas notas, você ia parar em determinado curso (Exemplo: Você entra querendo fazer Engenharia Civil, mas sua nota non é suficiente e você vai parar em otra engenharia). Para ser uno assutador, Mike precisa ser uno dos melhores da turma, mas ele é muito melhor na teoria do que na prática, ao contrário de James P. Sullivan (John Goodman), aluno arrogante, filho de uno lendário assustador que non dá a menor bola para a teoria, pois acha que nasceu sabendo assustar.

Plastificaram a cara do Billy Cristal! DIO SANTO!


VIIIIIIIIIILMAAAAAAAAAAAAAAA!!!


Non preciso dizer que essa situação cria una rivalidade entre os dois que culmina em uno acidente que faz com que ambos ganhem a desconfiança da diretora Dean Hardscrabble (Hellen Mirren, soberba) e faça com que tenham que unir forças para se tornarem assustadores diplomados.

Não sei qual monstro é pior, a Hardscrabble ou a Rainha Elisabeth II

Só que isso non será fácil, pois eles terão que vencer una espécie de olimpíada estudantil e seus únicos ajudantes nessa empreitada são os alunos mais impopulares e desajeitados da universidade: a fraternidade Oozma Kapa.

Me diz aí: Isso…
… não é igual a isso

“Mas isso non é A Vingança dos Nerds?” ECCO! E eu fico muito felicce de terem feito essa homenagem a essa película dos anni 80. Se fosse em uno filme com pessoas de carne e osso (live action) seria mais uno filme clichê e com a mesma temática de sempre, mas em una animação com CLASSIFICAÇÃO LIVRE é algo original sim. Mesmo que as crianças que vão ver esse filme non tenham visto os filmes homenageados (e non vão poder ver por uno bom tempo) vão gostar dele porque tem piadas visuais muito boas (aliás, a maioria das crianças que estarão nas sessões non viram nem o primeiro filme, mas com certeza vão gostar quando virem).

Montagem da página geekosystem

Coincidentemente, John Goodman está presente nos dois filmes:

Porra, Sulley!

A associação com “A vingança…” é tão forte, que fizeram até uno mashup dos trailers de ambos os filmes:

Otro filme claramente citado é “Animal House”, mais precisamente a cena de iniciação de Kevin Bacon em sua fraternidade:

Além disso, nada me tira da cabeça que o “monstro-doidão-aluno-de-filosofia”, dublado por Charlie Day é inspirado no John Belushi. Quem viu “Animal House” com certeza vai fazer a mesma associação. É uma pena que o gordão tenha morrido, pois poderia dublar esse monstro.  

Acabou de sair da FFLCH
Esse gordo era problema
A propósito quem dubla o monstro Don Carlton, o veterano da fraternidade, é Joel Murray, irmão de Bill Murray, que estrelou o excelente God Bless America. Otros famosos nesse filme são: 


Steve Buscemi, fazendo novamente o papel de Randall Boggs (que nesse filme é uno nerd querendo se enturmar e é companheiro de quarto de Mike),

O STEVE BUSCEMI É O DA DIREITA

Julia Sweeney (Mrs. Keeper de “O pequeno Stuart Littlefaz a mãe de uno dos monstros da fraternidade)


Aubrey Plaza (a Julie Powers de “Scott Pilgrim contra o mundo” é a presidenta do Conselho Grego)



e Alfred Molina (Dr. Octopus, lembram?) como o Professor Knight


“E que história é essa de Sexta-Feira 13”. O imdb non cita como referência, mas nada tira da minha cabeça que determinado trecho do filme homenageia os filmes de terror em acampamento dos anni 80 como “Acampamento Sinistro”, “Sexta-Feira 13” e “Chamas da Morte”. Fora una cena inspirada diretamente em uno trecho de “Carrie, a estranha” e que foi parodiada até em “Rainha da Sucata” Non dou mais detalhes porque non quero soltar spoilers.

Para non dizerem que non falei das falhas do filme, acho que a mudança no comportamento do Randall se dá de forma muito rápida e inesperada. Acho que esse processo de mutação deveria ser melhor explorado, mas é compreensível que non seja, pois o foco do filme é a relação entre Mike e Sulley e o filme só tem 107 minutos para desenvolver toda a trama. Non vou nem comentar a contradição entre a trama do filme e a fala do Mike que eu citei no início do texto, pois non acho que isso invalida de vez o filme e além do mais o próprio diretor do filme explicou sobre isso aqui.

Para finalizar, sobre a acusação de que o filme desincentiva as crianças a frequentarem uma universidade e ganharem uno diploma, vale lembrar que nem todas as carreiras exigem diploma e mesmo nas que exigem, há imbecis que preferem jogar fora o bom senso e fazer merdas como essa:





Cotação:

7,5/10 – Melhor que estudar na Poli ou na Med

Fontes

www.imdb.com
https://opoderosochofer.files.wordpress.com/2013/07/c.jpg
http://files.g4tv.com/ImageDb3/247957_S/Scott-Pilgrim-vs-The-Worlds-Aubrey-Plaza-on-AOTS-Tonight.jpg
 http://pixarbrasilblog.blogspot.com.br/2013/04/universidade-monstros-vozes-e.html
http://www.disneymania.com.br/tres-novos-virais-de-universidade-monstros/
http://www.flickdaily.com/news/monsters-university-and-revenge-of-the-nerds-trailer-mashup/
http://funny-videos-chart.com/exclusive-monsters-university-revenge-of-the-nerds-movie-trailer-mashup/
http://www.geekosystem.com/revenge-of-the-monsters/

Advertisements