Excepcionalmente, este post e o seguinte serão escritos por otro autor e em otro idioma. Em breve, voltaremos a nostra programaçao normal. Grazie!

Buenos dias! Mi nombre es Tiago Escobar. Fue convidado para escrever neste blog sobre dos films que dizem respeito a mi pueblo natal, la Colombia. Un dos films es este documentario “Los dos Escobares” de Jeff e Michael Zimbalist (que farão un documentário sobre Pelé). Dos hombres com lo mismo sobrenombre, pero no são parentes, unidos pelo futebol. Un es lo zagueiro de Atletico Nacional e da Seleçao Colombiana, Andrés Escobar. O otro es mi padrino, patrón e dono informal de los times e de tueda la cidad de Medellin, Pablo Escobar, cujo destino influenciaria en la vida de vários jugadores colombianos, inclusive, lo jovem Andres. El documentário faz parte de la série “30 for 30” da ESPN americana, que muestra 30 documentários sobres esportes realizados por diretores consagrados.


El punto de partida del filme, es la fatidica partida de futebol entre EUA e Colombia en la Copa del Mundo de 1994, quando Andres fez lo gol contra que lhe custou a vida. Ele chegou a Seleção Colombiana nas  eliminatórias para a Copa de 1990 gracias às excelentes campanhas pelo time de Medellin, em especial, la Copa Libertadores da América de 1989, quando la equipo chegou a las finales contra el Olimpia de Paraguai e, depois de sair perdendo por dois a zero, conseguiu empatar e garantir a vitoria nos pênaltis (com un gol de Andres). O sucesso dos times da Colombia en la competição (o America de Cali bateu na trave 3 vezes seguidas antes de la conquista do time de Medellin ), mais precisamente do Atletico se devia ao dinheiro da droga, cujo maior barão era Pablo Escobar.


Como bem relatam Jaime Gaviria, primo-irmão de Pablo e su braço derecho, Jhon Jorge Velasquez Vasquez, o “Popeye” (letra “A” nos Testes de Macho del Facebook), o futebol era una importante ferramenta de lavagem de diñero na Colômbia da segunda metade de los anos 80. Tuedo gran traficante tinha su time de estimação. “El Mexicanotinha los Millonarios. Los Rodriguez Mondragon tinham lo América de Cali e Pablo Escobar tinha lo Medellin e o Atlético Nacional. Com lo diñero de la coca ficava mais fácil nao só contratar jugador como também segurar los mejores del time.

Quando lo diñeiro no adiantava, Pablo Escobar tinha otros métodos para conseguir o que queria. Na decisao do “Shakirão” (assim “el impedimento” llama el campeonato local) de 1989, lo juiz Álvaro Ortega roubou para el América de Cali. Passados alguns dias, ele acabou tendo que comer capim pela raiz.  Esse es mi patron…

Enquanto Pablo é retratado como un típico chefão mafioso, Andrés e mostrado pela irma e pela novia como un sujeito sério e pacifico, leitor da Biblia, que sabia que seu salário vinha do narcotráfico, que participava das festas no rancho de Pablo, mas que sempre é mostrado como alguen pouco à vontade con essa situaçon. A todo tempo o documentario “vai e volta” mostrando ora un Escobar, ora otro para mostrar como ambos estavam interligados, mismo que no diretamente.

A ligação de Pablo con lo futebol no vem apenas do fato de ser o dono del Nacional. El Patron investia parte de su fortuna en la construçon e reforma de vários campos de futebol em bairros pobres de Medellin. Essas e otras “obras” en la periferia garantiram la eleiçon de Pablo para la Câmara de los Deputados de Colômbia, o que lhe daria 4 años de imunidad diplomática e impediria la su extradiçon para los EUA. Segundo su primo-irmão, el lema de Pablo era “Melhor uma tumba na Colômbia do que uma prisão nos Estados Unidos”.

A estratégia de Pablo no dio certo, porque lo Ministro da Justiça, Rodrigo Lara Bonilla, conseguiu cassar o mandato dele. Adivinha quien acordou con la boca llena de hormiga?



Esse asesinato e lo de un político pró-extradição serviram de combustível para los conflitos armados no pais, piorando la imagem colombiana no exterior. Sobrou para Andrés e la Seleção recuperarem o moral da Colômbia.


E no é que ele conseguiram? Vale lembrar que eram los mejores jugadores de lo país, algunos treinados en los campos de futebol de Pablo Escobar e sob la liderança do capitão Andres Escobar, que antes de la Copa recebera proposta de ir jogar en Milan. Em 26 partidas entre 1990 e 1994 contando eliminatórias, Copa América e amistosos, la Seleção Colombiana só perdeu una (para Brasil por 2×0, devolvendo placar da primeira fase da Copa América ’91. Gols de Renato Gaúcho e Branco, com FALCÃO de Técnico). No fue a toa que Pelé apontou a Colômbia como favorita para ganhar la Copa do Mundo (e en Brasil, as pessoas tratam esso como piada)


La partida mais emocionante fue contra la Argentina, la última das Eliminatórias para la Copa de EUA, en la casa dos adversários. Chegaram à Argentina sob gritos de “Narco-traficantes” (quien jugou Libertadores sabe como los argentinos sabem “receber” los adversários), mas no se intimidaram e enfiaram CINCO A ZERO en lo time de Maradona (un gran consumidor de los produtos de mi padrino, mas no jugou esta partida, sendo reconvocado logo depois).

Argentina 0x5 Colombia entero en You Tube:

Para terem una ideia da importância da partida, tantos las FARCs – Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia quanto los grupos paramilitares que os combatem, interromperam suas atividades para acompanhar o jogo. Mesmo Pablo Escobar, sempre andava para cima e para baixo com un radito de pilha acompanhando los juegos de la seleção e dos clubes de Medellin.

A propósito, mismo preso, Pablo no dejó de curtir el futebol. Depos que lo Congresso Nacional extinguiu a extradição na Colômbia, el Patrón se entregou e foi para una cadeia especial chamada Catedral. Una cadeia para chamar de sua, onde ele podia receber QUEM QUISESSE e até chamar unos amigos para jogar bola lá.



Tueda la Seleção Colombiana ia lá, inclusive o religioso e sério Andres, mas lo bode expiatório acabou sendo o controvertido Higuita, que brigou com repórteres e acabou sendo preso por 7 meses, acusado de intermediar la negociaçón de un resgate o que lhe custou a participação en la Copa’94 (contra a Argentina o goleiro já era Oscar Córdoba do Atlético Nacional).

Porra, Higuita!

El Gobierno Americano indignado com la situaçón tinha un plano para tirar Pablo de la cadeia e levá-lo para os EUA, mas a “radio peón” o alertou e ele conseguiu fugir. Para capturá-lo, los americanos apelaram para los PEPEs (Perseguidos por Pablo Escobar), grupo paramilitar chefiado pelos hermanos Castaños que recrutavam ex-parceiros de Pablo, e na base de ameaças e sequestros (é o que diz lo primo de Pablo e seu braço direito, Popeye), conseguiu capturar e executar o patrón, en dezembro de 1993, causando una verdadeira comoção na cidade de Medellin, com viejos, señoras e niños se acotovelando para dar el último adiós a su protetor.


Com la muerte del patrón, tuedo mundo quis ser patrón. El vácuo de poder no submundo de Medellin acabou aumentando mais ainda la violência en la ciudad. Quando Pablo Escobar era vivo, ele próprio garantia la segurança de la ciudad (para que nada atrapalhasse seus negócios), pois era el jefe de tuedos los criminosos de la ciudad. La violência acabou afetando la Seleção. El hijo de zagueiro Chonto Herrera fue sequestrado antes da Copa. En la su estreia contra la Romênia, la Seleção era una pilha de nervos, por isso mismo perdió el juego por 3×1.

Romania 3×1 Colombia entero en You Tube:


Lloveram ameaças de muerte para los jugadores e para el técnico Francisco Maturana, que fue técnico do Atlético Nacional também. Ele fue proibido de escalar o jugador Barrabás Gomez. El hermano de Chonto fue assassinado e Andrés teve que convencê-lo a continuar concentrado e representar seu país na Copa.


Enfim veio lo juego contra a Seleção dos EUA (país que tanto interveio na Colômbia naqueles tiempos). Ao tentar evitar un gol de la equipo americana, Andrés marcaria aquele que seria lo único gol pelo qual seria lembrado: un gol contra que inauguraria o placar da partida, EUA 2×1.



Estados Unidos 2×1 Colombia entero en You Tube:

Abajo sigue un resumo:

Após voltar para a Colômbia, Andrés fue aconselhado a no sair de casa, especialmente à noite, mas ele disse que no queria viver se escondendo. Na madrugada de 2 de julho de 1994 ele seria assassinado en la puerta de la boate “El Indio” por Humberto Muñoz Castro, segurança de los “Hermanos Gallón”, traficantes colombianos que apostaram alto en la vitória da Colômbia e estavam furiosos con lo zagueiro. Gracias a interferência de Carlos Castaño, un de los líderes do PEPEs, e de su influência (leia-se diñero) sob la justicia colombiana, los hermanos fueram absolvidos, sendo condenado apenas lo segurança, que fue solto en 2005 por bom comportamento.


Con la muerte de Andrés Escobar, lo gobierno fez una “limpa” no futebol do país e prendeu tuedos los traficantes envolvidos con lo esporte. Sem lo diñero de la droga, o futebol colombiano perdeu força internacionalmente e só ahora, despues de muy tiempo, la Seleção Colombiana vueltou a ocupar una posiçón alta en lo ranking de la FIFA (muy acima de Brasil). Popeye resume assim o desmantelamento de lo futebol colombiano: “Quando Pablo morreu, os traficantes aprenderam uma lição: É perigoso demais se envolver com futebol. Isso faz você ficar visível para as autoridades”.


Lo documentário es maravilhoso, principalmente por conseguir amarrar bem las histórias de los dos Escobares sem se perder en momento nenhum. Alguém pode dizer que se trata de una obra bastante parcial por só entrevistar pessoas muito próximas de los dos retratados e que só falam muito bem deles, mas ẽsso no compromete la proposta del film que muestra duas personas com personalidades diferentes: El patrón de la coca como un Robin Hood moderno que incentiva el futebol local e uno zagueiro pacífico, dedicado a su família, sus projetos assistenciais, empregado de lo jefe del submundo e cujo punto en comum es lo sobrenombre.


Lo film intero, con audio en español e inglês e subtítulos en inglês puede ser conferido aqui.  En la próxima semana analisaremos un filme de ficção que muestra como el cinema internacional representava Pablo Escobar. Gracias.

Tiago Escobar

Cotação:

9/10 papelotes – Mejor que ser eliminado pelo juiz en la Libertadores de América.

Fontes:

http://blogs.lancenet.com.br/maurobeting/2009/10/13/historia-em-jogo-argentina-0-x-5-colombia-eliminatorias-94/
http://en.wikipedia.org/wiki/Andr%C3%A9s_Escobar
http://www.imdb.com/title/tt1493943/?ref_=rvi_tt
http://futpedia.globo.com/campeonato/copaamerica/1991/07/13/brasil-0-x-2-colombia
http://vivacanispora.files.wordpress.com/2012/08/the-two-escobars-poster.jpg
http://www.dosmundosradio.com/wp-content/uploads/2012/02/Pablo-Escobar-e1329280297419.jpeg
http://michaeljlewis.files.wordpress.com/2010/06/andres_pablo_escobar.jpg

Advertisements