Amicco é quela pessoa que faz tutti per você, sem precisar de maiores explicações. Pelé ficou muito amicco do cineasta John Houston, que o escalou para o seu “Fuga para a vitória” e fez com que o negão ficasse ainda mais famoso e prestigiado nos EUA. Pois bene, chegou o momento de Pelé retribuir o favor e non deixar o amicco pagar mico sozinho, em uno filme (ruim) que parla justamente sobre amizade e retribuição de favores.

No filme “A Minor Miracle” (“Once más uno” em espanhol e “A vitória do mais fraco” aqui), Houston trabalha como ator e non como diretor (até para pagar mico há limites). Ele é Padre Cardenas, o dono do orfanato Saint Francis em San Diego, Califórnia, que está sob ameaça de despejo por parte dos donos do terreno onde se encontra a instituição. Para salvar as crianças, o vecchio decide organizar uno jogo de futebol dos bambinni contra o time de una escola de riquinhos, de uniformezinho bonito e tudo, que contaria com a participação de Pelé (em dado momento, o padre afirma que passou 20 anni como missionário no Brasil quando era jovem , conheceu o negão e LHE ENSINOU A JOGAR BOLA). Se você pensou em “Irmãos Cara-de-Pau”, acertou!

A princípio, os donos do terreno são céticos e non dão muita trela para essa história de Pelé (nem eu daria crédito para uno vecchio padre que diz que ensinou o Pelé a jogar bola…), mas concordam com a ideia para ver aonde vai. Mesmo o padre jovem, colega de Cardenas e que usa unas camisas horríveis (Padre Reilly, interpretado por Peter Fox, o tenente Tommy Norris de “Aeroporto 77”), non acredita nessa história.

O padre vecchio escreve una carta para Pelé, mas se as cosas se resolvessem assim tão fácil, non haveria filme. Pelé non aparece no dia marcado e os bambinni passam una vergonha tremenda, agravada pelo fato de Pee Wee, o menor dos pequeninos do orfanato, aceitar a provocação de uno adversário do time do colégio rico e causar una verdadeira batalha campal.

Por sorte, Pelé está na cidade por ocasião de una partida do Cosmos (o filme se passa entre 1977 e 1978). Ele até passa pelo orfanato, mas é tarde da noite e sua limosine acaba passando direto.
Como desgraça pocca é bobagem, Padre Cardenas passa mal no meio da madrugada e é internado. No hospital, ele é diagnosticado com câncer. Ao dar a notícia aos bambinni, o padre ragazzo é questionado pelos pequenos se o vecchio vai morrer. “Sim, e vai logo!”, diz surpreendente o homem, em vez de mentir, o que parece ser o mais comum nessa situação. O filme é una novela mexicana todinha, sem tirar nem pôr.

Se Pelé non vai até eles, então Pee Wee e uno amicco negro e mais vecchio resolvem sequestrá-lo, vamos dizer assim. Eles invadem uno táxi e obrigam o motorista a ir até o estádio, sob ameaça de explodir una bomba fedida no carro. É sério o negócio!

BOTAM SEMPRE O NEGRO PARA FAZER ESSAS COSAS!

Chegando lá, graças à distração do porteiro com una bambina conseguem encontrar o Rei e lhe mostrar una foto do Padre Cardenas o que o comove e o faz perguntar pelo sacerdote.

Cameron Diaz?
Valdívia?

Pelé visita o vecchio no hospital, em una cena digna da telenovela mexicana mais vagabunda que existe. Em seguida ele vai ao orfanato e passa a noite no quarto dos bambinni. Ele dorme na cama de Pee Wee, que dorme embaixo da cama. Imagine a surpresa do bambino gorducho ao olhar para a cama de Pee Wee e ver uno baita par de pés-de-lancha em cima dela.

De manhã quando os otros descobrem a visita ilustre tratam logo de fazer uno montinho no Rei, em una cena que dificilmente seria rodada hoje, em tempos de pedofilia.

Pelé então decide então treinar os bambinni para una nuova partida, igual ele faz com os juvenis do Santos em “Os Trombadinhas”. Isso é uno tema recorrente para o Rei.


Non bastasse isso, Pelé ainda CANTA EM INGLÊS PARA ELES! DIO SANTO!

Logo a notícia de que Pelé treinará o time do orfanato e que o proprietário non deixaria os ingressos do jogo serem vendidos se espalha por toda San Diego. A população se revolta contra os donos do terreno e vai em peso ao estádio tentar ver o jogo. E aí vemos mais una cena de dramalhão com o gorducho, filho de uno dos cobradores do orfanato, vestido de mergulhador (!!!) cobrando o pai “Você nunca deu atenção para mim! Mimimimimimi…”

O jogo em questão é contra o time de uno colégio de nome “Cambridge”, cujos jogadores são bem mais altos que os do orfanato. É quase uno jogo 5ª série x 1º colegial.

Quanto ao jogo, depois de una preleção inspirada de Pelé, o time do orfanato consegue reverter uno placar desfavorável de 2 a 0 no primeiro tempo e faz 4 a 3, com direito a gol de bicicleta igual ao do Pelé em “Fuga…”.

Fora una jogada em que Pee Wee aproveita seu diminuto tamanho para passar POR BAIXO da barreira adversária na cobrança de falta e marca uno dos gols.

Padre Cardenas MORRE feliz ao saber que o time venceu a partida. Pelé doa uno terreno para a construção de uno nuovo orfanato. E segundo o último frame do filme, isso aconteceu de verdade (todo o resto é inventado)

Até assistir esse filme, eu achava que “Os Trombadinhas” e “Pedro Mico” eram os piores filmes que o Pelé já tinha feito. Mas mesmo sendo ruins, esses filmes divertem por alguno motivo bizarro, seja pelas falas, seja por algunas sequências que ficaram clássicas no You Tube como “Ninja do Gueto”, “Pelé, o novo técnico do Santos” ou “Você é o Pelé?”

Pelé é assim ó!

Este filme aqui é tão ruim, que nem divertir consegue. É uno dramalhão safado que mais parece filme feito para a TV. John Houston deve ser muito amicco de Terrell Tannen (diretor de “Shadows in the storm”), que dirigiu esta merda ou do casal de produtores Megan e Tom Moyer (Megan faz una ponta como a mãe do gordinho mimizento e ainda colocou seu filho de colo para pagar mico no filme também).

óia a tonta aí!

Além de ruim, o filme é difícil de achar. Só o encontrei neste link, com áudio em espanhol (Pelé dublado em espanhol consegue ser tão bizarro quanto dublado pelo Mílton Gonçalves). Quanto à críticas ao filme, eu só achei nesta página de uno jornal americano da época. Ninguém deve ter visto essa bosta, só eu aqui.

Félix Bicha Má

Infelizmente non é o único filme “perdido” do Pelé, mas isso é assunto para o último post da maratona. Fiquem agora com Pelé CANTANDO EM INGLÊS

Cotação:

3/10 cabeças de cavalo – Pior que tomar voadora do Aloísio

Fonte:

http://www.peliculasyonkis.com/pelicula/once-mas-uno-1983
http://news.google.com/newspapers?nid=1755&dat=19840217&id=aLoeAAAAIBAJ&sjid=vGgEAAAAIBAJ&pg=6945,7765992
http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Blues_Brothers_(filme)
http://www.imdb.com/title/tt0085943/

Leia também:

(1986)”Os Trapalhões e o Rei do Futebol” – A didimocozação de Pelé
(1979)”Os Trombadinhas” – Pelé e o mais longo dia das crianças
(1985)”Pedro Mico” – Era melhor NÃO ter ido ver o filme do Pelé
(1981)”Fuga para a vitória” – O “Bastardos Inglórios” do Pelé

Advertisements