Durante esta “Maratona”, vimos vários filmes diferentes do Pelé. Algunos famosos desde sempre (Os Trapalhões e o Rei do futebol, Fuga para a vitória), filmes que adquiriram fama com o advento do YouTube (Os trombadinhas) e mesmo otros que quase foram relegados ao completo ostracismo (Pedro Mico, A minor miracle). Contudo há otros que nem tiveram essa sorte e continuam no esquecimento, sejam porque eram ruins demais para merecer una segunda chance, seja pela nostra conhecida falta de memória. E é falando desses filmes que eu encerro a maratona


O Rei Pelé (1962)

Primeiro filme estrelado pelo Rei do Futebol é una película que permanece original até hoje, mesmo passados mais de 50 anni do seu lançamento. Isso porque o filme mistura ficção e realidade, com algunas pessoas interpretando a si mesmas, muito antes de Jean Claude Van Damme ter una ideia parecida em JCVD. Non só os jogadores do Santos intetpretaram a si mesmos, como os integrantes da família Arantes do Nascimento (menos o tímido Dondinho, pai de Pelé) e também Nelson Rodrigues, que escreveu os diálogos deste filme. Otra participaçäo mais do que especial neste filme é a de Lima Duarte, que narra boa parte da historia. É possível ver algunos trechos dele em matérias para a TV e no documentário “Pelé Eterno”, mas até onde sei nunca foi lançado em DVD e non está disponível para download.

Barão Otelo no Barato dos Bilhões (1971)

Neste filme, Pelé faz una participação especial como ele mesmo e como Dr. Arantes. No filme, Grande Otelo faz o papel de uno frentista que muda de vida ao ganhar na loteria (daí o nome do filme). Felizmente esse filme está disponível inteiro no YouTube.

A marcha (1972)

Filme produzido por Oswaldo Massaini, pai de Aníbal Massaini Neto, produtor e diretor de “Pelé Eterno”. Non há muitos detalhes disponíveis na Internet só sei que é uno filme sobre escravidão e tem Paulo Goulart no elenco, que depois contracenaria com Pelé em “Os Trombadinhas”. Non foi lançado em DVD e non está disponível para download.”

Hotshot (1987) – O Karate Kid do Pelé

Dos filmes desconhecidos de Pelé, esse é o que eu mais lamento estar desaparecido, non pelo filme ser bom, porque ele non é, mas pelo quanto ele é inusitado e bizarro. Apenas alguns trechos estão disponíveis no YouTube.

O filme começa com o americano Jimmy Kristidis (Jim Youngs, que fizera antes o filme de hockey “Youngbloodcom Rob Lowe e Patrick Swayze) chegando no Rio, ele logo conhece a hospitalidade carioca e é assaltado. Mesmo assim, ele non se abala e continua na busca pelo seu ídolo no futebol, Santos (Pelé COM BARBA). Ele o encontra recluso em uno pequeno sítio (Xerém?)

Assim como em “Karate Kid”, Santos inicialmente reluta em treinar seu candidato a pupilo e o põe para trabalhar para ele (leia-se carpir lote)

Enquanto ajuda Pelé na lida, Jimmy lhe conta sua história: sua família é rica e quer que ele faça faculdade e assuma os negócios do pai. Ele se recusa e toma uno tapão na cara por parte do papa. Então ele revida e quebra a janela da sua mansão com una bolada e sai de casa para morar em uno hotel de beira de estrada.

Jimmy ainda conta de como foi enganado por uno vendedor de carros quando tentou vender o seu antes de vir para o Brasil.

Depois de muita resistência, Pelé finalmente decide treinar o americano.

E, é claro, o ensina a dar una bicicleta.

Ao voltar para os EUA, Jimmy consegue se destacar no New York Rockets e mente para a imprensa dizendo que vem de una família humilde e tal. Uno de seus companheiros de time é Mario Van Peebles (diretor de “Panteras Negras”).

Veja o trailer desta pérola e ria com o Pelé parlando inglês:

O diretor desta obra é Rick King, que escreveu o argumento de “Caçadores de emoções” e dirigiu otro filme que se passa no Brasil: “Kickboxer 3 – A Arte da guerra”, que conta com vários atores brazilianos como Milton Gonçalves, Ricardo Petraglia, Gracindo Junior e Monique Lafond (non confundir com Jorge Lafond). Clique aqui e saiba mais sobre a história de Rick.

O Pelé jura que isso faz parte do treinamento

Solidão, uma linda história de amor (1989)

Última participação de Pelé no cinema, este filme mostra a história de Pedro, uno ex-feirante português que começa a ascender no jogo do bicho e pensa em montar um empreendimento com seu amigo Mário (Que Mário? Pelé!). Os dois sugerem abrir uno motel e una CRECHE (Cazzo Pelé! De nuovo querendo ajudar as criancinhas? Todo filme é isso?). Este filme se encontra na íntegra no YouTube.

Uma história de futebol (2000)

OK, esse filme non tem participação do Pelé, mas vale una menção honrosa. É uno curta-metragem de 20 minutos, baseado no livro homônimo de José Roberto Torero, que conta de forma fictícia a infância de Pelé, com o menino Dico (uno dos apelidos de infância do negão) reproduzindo lances do Pelé adulto, como quando ele foi goleiro, em uno Santos x Grêmio em 1964. O curta é narrado por Antônio Fagundes, que seria a versão adulta do companheiro de time do menino Dico lá em Bauru.
Esse filme foi indicado ao Oscar de Melhor Curta-Metragem em 2001 e está disponível no YouTube.

1284 (2010)

Este filme non é desconhecido (muito pelo contrário) mas também vale una menção honrosa. Anúncio da Vivo, bolado pela Young&Rubican e produzido pela O2 Filmes, realiza uno sonho de Pelé, que era ter marcado seu último gol pela Seleção Brasileira, contra a Argentina e de cabeça. O filme vale destaque non só pelo surrealismo (Uno jogador mais velho que o Paulo Baier jogar 90 minutos) como pela produção, que é fantástica. Belíssimo trabalho da O2. O título faz referência a quantidade de gols feitos pelo Pelé (contagem defasada de acordo com este blog)

O filme está disponível inteiro no YouTube

Total de gols do Pelé: 1288 gols (sem contar os gols dele criança em “Uma história de futebol”)

Fontes:

http://globoesporte.globo.com/pele-70/noticia/2010/10/filme-de-62-sobre-pele-tem-ator-que-viveu-o-rei-e-depois-jogou-com-ele.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Rei_Pel%C3%A9
http://bcc.gov.br/fotos/galeria/024650
http://www.imdb.com/title/tt0198717/
http://hidden-films.com/2013/05/28/without-him-thered-be-no-point-break-the-diverse-work-of-filmmaker-rick-king/
http://www.verminososporfutebol.com.br/dica-cultural/25-melhores-filmes-sobre-futebol/#comment-4708
http://blog.maismemoria.net/?p=770
http://profissionalinterativo.wordpress.com/2010/06/25/curta-metragem-1284-o-ultimo-gol-do-pele-exclusivo-no-youtube/
http://bcc.gov.br/fotos/filtro?page=1&field_xmp_headline_value=A%20Marcha&field_xmp_creator_value=&field_xmp_scene_value=&field_xmp_ciurlwork_value=&field_xmp_ciemailwork_value=&field_xmp_location_value=&field_xmp_description_value=&title=

Leia também:

(1986)”Os Trapalhões e o Rei do Futebol” – A didimocozação de Pelé
(1979)”Os Trombadinhas” – Pelé e o mais longo dia das crianças
(1985)”Pedro Mico” – Era melhor NÃO ter ido ver o filme do Pelé
(1981)”Fuga para a vitória” – O “Bastardos Inglórios” do Pelé

(1983)”A Minor Miracle” – o “Irmãos Cara-de-pau” do Pelé



Advertisements