Tags

, , , , , , , , , ,

theshining

Há 4 anni eu fiz una lista de 13 filmes com mães abomináveis. Desde então eu venho tentando fazer a mesma cosa com os pais. Para ficar igualitário eu resolvi listar só 13 também (acabei selecionando 16), o que foi a maior dificuldade, pois pesquisando achei mais de 50 pais relacionados como maus exemplos, o que me fez priorizar aqueles que eram mais citados, embora há alguns que acrescentei por critérios próprios (leia-se visualizações no blog). Portanto vocês estão livres para indicar otros pais nos comentários. Prepare o rabo para boas cintadas!

Darth Vader (David Prowse/James Earl Jones) – especialmente “Episódio V – O Império Contra-Ataca”

Luke-Skywalker-Darth-vader-mata-o-papai

Figurinha mais do que fácil em qualquer lista de pais abomináveis do cinema, sendo o mais citado de todas as listas pesquisadas. Revelou a paternidade a seu filho no mesmo dia em que decepou sua mão, além de ter perseguido a própria filha, ser uno assassino de crianças dentre otras perversidades cometidas ao longo de una franquia inteira. Ao seu dublador, James Earl Jones coube o ônus de ser novamente uno pai babaca (porém não uno facínora) em otra produção desta lista.

giphy (6)

Jack Torrance (Jack Nicholson) – “O Iluminado”(1980)the_shining_edit_3258935k

Otra figurinha carimbada dessas listas. “Muito trabalho e pouca diversão faz de Jack um garoto bobão”. Non bastasse ter enfiado esposa e filho em uno hotel no meio do gelo, ainda fica locão e querendo matar todo mundo na base do machadada. É possivelmente o papel mais famoso de Jack Nicholson junto de Randall McMurphy de “Um Estranho no Ninho”.

giphy (7)

Freddy Krueger (Robert Englund) – “A Hora do Pesadelo VI – A Morte de Freddy”(1991)

freddy_krueger_past_by_anthony258-d49j6wa

Vocês podem non saber, mas nosso proctologista favorito tinha una filha. Pelo menos de acordo com o penúltimo e pior filme da franquia, sendo que essa rebenta só é citada nessa película. Além de ser uno assassino de crianças (originalmente, também uno molestador, mas isso só é citado no remake) Freddy também inferniza a vida de alguém do seu próprio sangue além da dos espectadores em efeitos 3D desnecessários.

giphy (8)

Ego, o Planeta Vivo (Kurt Russel) – “Guardiões da Galáxia – Vol. 2(a.k.a. Tango & Cash 2 – Pai é quem cria)”(2017)

giphy (9)

É complicado escrever sobre esse personagem e sua péssima relação com o filho sem citar nenhum SPOILER do filme, contudo basta você saber que seu filho O Senhor das Estrelas só foi conhecê-lo depois de adulto. Quando você vir o filme e descobrir o motivo e toda a história por trás dessa relação vai até deixar de ficar contente por ver Tango e Cash de novo juntos em uno mesmo filme.

Tango-Cash-wont-share-screen-in-Guardians-of-the-Galaxy-Vol.-2-640x350

King Jaffe Joffer (James Earl Jones) – “Um Príncipe em Nova York”(1988)

giphy (10)

De novo o dublador de Darth Vader interpreta uno pai que estraga seu filho, só que desta vez de una forma bem menos sanguinária, afinal seu filho non se revolta contra seu governo e sim com o tratamento ultra protetor que recebe do monarca africano, preferindo trabalhar em uno subemprego em Nova York do que como príncipe na África. Para o cara fazer essa escolha é porque non suporta o pai de jeito nenhum. Ao menos o colocaram para fazer a voz de um pai bacana depois (Mufasa em “O Rei Leão”). A propósito, Zamunda faz fronteira com Wakanda?

Harry Wormwood (Danny DeVito) – “Matilda”(1996)

matilda

Otro campeão de citações em listas de pais escrotos do cinema, haja vista que é uno pai que pratica bullying com a própria filha (que lhe dá o troco na medida certa). Deu tão certo como mau pai que repetiu o papel na série “It’s Always Sunny in Philadelphia”

source

A propósito, sabem quem é a professora boazinha da Matilda?

tumblr_oluqndtCPm1qiqcvgo1_500

 

tumblr_lq1w799mXo1qb5m2lo1_400

A Sheila de “Uma Noite Alucinante 3”, que deu trabalho para nosso amigo Ash.

Royal Tenembaum (Gene Hackman) – “Os Excêntricos Tenembaums”(2001)

royal_tenembaums_e_3258951k

Otra unanimidade em listas de pais desagradáveis. Uno pai ausente, falido e racista que precisa fingir una doença terminal para poder se reaproximar dos filhos e esconder que está quebrado financeiramente.

giphy (11)

Colonel Fitts (Chris Cooper) – “Beleza Americana”(1999)

250780c1f33021df9db14bdf8a9ed0ee--chris-delia-scene

Ok, o personagem principal, interpretado por Kevin Spacey, também non é uno exemplo de pai, mas non dá para comparar com uno cara que tem louça nazista em casa, non suporta a presença de uno casal gay na vizinhança e faz o que faz na conclusão do filme (Sem SPOILERS, se é que vocês non já viram esse filme várias vezes).

giphy (12)

Jerry Gabrewski (Beau Bridges) – “Unidos para vencer”(1992)

e5a3f-captura-sidekicks28199229limiteddvdripxvid-avi-20

Uno pai abominável non é necessariamente uno pai abusivo ou violento. Uno pai ausente também é uno péssimo exemplo. Este aqui é tão inútil que seu filho tem que buscar uno modelo no cinema de ação. Se bem que o modelo que ele escolhe é CHUCK NORRIS, o cara que foi mordido por una cobra e depois de 3 dias agonizando, finalmente o bicho morreu.Vale lembrar que este filme é a versão Norris de “O Último Grande Herói”, porém feito dois anni antes. Parafraseando o Reviewtado: “Chuck Norris é pioneiro em coisas que a gente nem imagina”.

giphy (13)

Lance Clayton (Robin Williams) – “O Melhor Pai do Mundo”(2009)

tumblr_li3sxssgf51qzhiqwo1_1280

A fim de esconder a forma embaraçosa como o filho morreu, professor de literatura forja o suicídio do bambinno e escreve una carta de despedida falsa. A comoção é tanta que ele forja também uno diário do falecido filho a fim de garantir a atenção e o sucesso que non tinha anteriormente. Uno pai que mente sobre alguém non pode mais se defender apenas para satisfazer o próprio ego. Que exemplo!

giphy (14)

Daniel Plainview (Daniel Day Lewis) – “Sangue Negro”(2007)

image

Ao lado de Darth Vader e Jack Torrance é o campeão de citações em listas de péssimos pais e garantiu a Daniel Day Lewis uno de seus 3 Oscars de Melhor Ator. Minerador falido que se muda para Califórnia em busca de petróleo a todo custo non importando se terá que passar por cima de alguém para alcançar seus objetivos.

giphy (15)

Noah Cross (John Huston) – “Chinatown”(1974)

 

Noah_Cross

É difícil escrever sobre esse pai “bonzinho” sem soltar SPOILERS, então entenda dessa forma: É o Daniel Plainview dos anni 70, só que piorado e tudo de ruim que acontece nesse filme é de responsabilidade dele. Se quer saber mesmo, assista o filme, que você non irá se arrepender.

giphy (16)

Hiroshi Hada (James Pax) – “Kinjite: Desejos Proibidos” (1989)

vlcsnap-2016-06-06-18h32m56s175

Adúltero e negligente, empresário japonês acaba deixando sua filha ser sequestrada por una rede de prostituição infantil. Non bastasse isso, em uno ônibus lotado assediou sexualmente a filha do único cara disposto a resolver seu problema: Charles Bronson.

vlcsnap-2016-06-06-17h07m23s64

Bill Maplewood (Dylan Baker) – “Felicidade” (1998)

dylan-baker-happiness

 

É certamente o mais assustador de todos os pais desta lista, pois é o mais realista de todos. Pode ser seu vizinho ou até uno parente seu. Trata-se de uno pai que droga e abusa sexualmente dos coleguinhas de seu filho e que non parece demonstrar nenhum arrependimento do que faz. Sim, o título do filme é bastante irônico.

giphy (17)

John Milton (Al Pacino) – “Advogado do Diabo” (1997)

the_devil_s_advoca_3258944k

Otro caso em que é difícil escrever sobre o filme sem dar SPOILER, mas como já reprisou inúmeras vezes no SBT então non tenho com quê me preocupar: Na verdade ele é o Diabo e é pai do seu advogado Ken Lomax (Keanu Reeves) de quem a esposa (Charlize Theron). Só non consegue superar o último da lista.

giphy (18)

DEUS (Benoît Poelvoorde) – “O Novíssimo Testamento” (2015)

Zbrusu-nový-zákon-620x350

Escolhi este filme, mas poderia ter escolhido “A Paixão de Cristo”, “Noé” ou qualquer otro em que Deus deixa seu filho sofrer ou castiga toda a humanidade, pois segundo a mitologia judaico-cristã, Ele é pai de todos nós, inclusive dos otros pais que já foram citados nessa lista, portanto a culpa toda seria dele. Mas vamos focar neste Deus em particular porque Ele é muito peculiar. Uno escritor, velho, cínico e rabugento que vive em uno apartamento em Bruxelas e cuja opinativa filha de 10 anni resolve revelar a cada ser humano a data de sua morte causando una confusão dos diab…NON, PERA!

Doug C. Neidemayer (Mark Metcalf) – vários, principalmente “We’re not gonna take it!”(1984)

hqdefault

Sugestão do leitor Sergio Pacca. A maioria de vocês só deve conhecer o personagem por conta do videoclipe dirigido por Marty Callner, mas a sua estreia se deu em uno filme de John Landis chamado “Animal House” (“Clube dos Cafajestes” no Brasil) e foi reprisado no terrível  “The Stupids” (“Os Babacas”) do mesmo diretor. Arrisco dizer que é o único personagem do ator, una vez que parece muito com o Maestro que ele interpretou em “Seinfeld” (non assistia “Buffy” então non tenho como avaliar o vampiro que ele fez na série)

Fontes:

wired

nzherald

salon

flavorwire

timeout

mtv

telegraph

 

 

 

 

 

Advertisements